Blog

Blog

Grupo Mão de Mães apoia mães de pessoas com esquizofrenia no Facebook.

Editor do Portal 3 de outubro de 2017 Blog, Depoimentos, Noticias 26 comments
featured image

Por Sarah Nicolelli, mãe de uma pessoa com esquizofrenia.

Olá,

Somos um Grupo de Mães de Pessoas com Esquizofrenia – denominado Mãos de Mães.

Este Grupo nasceu há cerca de 6 meses quando a Administradora da Página do Facebook FILHOS AMADOS E COM ESQUIZOFRENIA. SIM, É POSSÍVEL CONVIVER, Sarah Nicolleli, resolveu tomar frente às dúvidas de muitas mães e cuidadores de pessoas com esquizofrenia que a procuravam por lá.

Atualmente, contamos com mais de 140 mães, irmãos, filhos, esposas, pais, namoradas e até simpatizantes do assunto. Debatemos a respeito do comportamento, tratamentos, terapias, crises e tudo o que esteja ligado ao transtorno. Muitas foram as mães tiradas da escuridão do túnel e lhes trouxemos luz – luz esta que vem por meio de acolhimento, orientação e diálogo, principalmente para as que iniciam nesta nova fase de suas vidas: a Esquizofrenia.

Como nossa atuação está crescendo, decidimos divulgar o trabalho através de confecção de camisetas, participação em simpósios e tudo que nos auxilie a informar a respeito deste transtorno tão rotulado e estigmatizado pela sociedade.

Agradecidos por estarmos aqui hoje, convidamos a conhecer a página do Facebook (https://www.facebook.com/sobreesquizofrenia/) que conta com vídeos, matérias, depoimentos e com espaço enorme para tê-lo por lá, colaborando com seu conhecimento.

Abraço do Grupo Mãos de Mães

Contato (WhatsApp): (41) 99113-4134 Sarah

26 comments

Ana - 4 de outubro de 2017

Ainda bem que existem transtornados cujas famílias lhes dão atenção.

Roseli Stepurski - 4 de outubro de 2017

Encontrei esse grupo abençoado há cerca de cinco meses. O contato diário com mães que convivem com a esquizofrenia há 15, 20 anos, me proporciona tranquilidade, esperança e muita experiência de vida com a doença. Muitas, muitas coisas aprendi com as mães, coisas que os profissionais da saúde não abordam conosco. Minha maior experiência com esse grupo Mãos de Mães foi o fato de que me ajudaram a sair do fundo do poço em que eu me encontrava, o pavor foi aos poucos dando lugar à força e esperança. Amo essas minhas amigas e irmãs de luta!

Luiza - 4 de outubro de 2017

Parabéns por essa iniciativa!

Sonia Maria Toffoli Ávila Inez de Almeida - 4 de outubro de 2017

Sou uma mãe de portador da esquizofrenia, e estar fazendo parte desse grupo foi como abrir a minha mente e enchergar que meu filho pode e deve ser tratado com ao respeito e a dignidade que todas as pessoas merecem. Quando meu filho entrava em crise eu ficava acoada e só… Hoje em dia me sinto apoiada e fortalecida… Gostaria muito que outras mães pudessem encontrar amparo nas horas difíceis … Obrigada Sarah… Obrigada amigas do grupo Mãos de mães… PRECONCEITO DESTRÓI.. AMOR PACIFICA

Dilma Coelho - 4 de outubro de 2017

Parabenizo a iniciativa e o grupo formado. Não assino o facebook e não pretendo assinar. Desejo boa sorte, harmonia e sucesso em vosso projeto.
Tenho um filho portador de esquizofrenia a quem cuido com muito carinho.
Que sejamos todos abençoados.
Um grande e carinhos abraço a todos.
Dilma Coelho

Sonia Almeida - 4 de outubro de 2017

Parabéns Sarah, seu trabalho vem peencher uma lacuna deixada pelos profissionais de saúde, que é a do acolhimento, do esclarecimento e da atenção às familias dos pacientes que, sei por experiencia própria, é muito falha. Sua fala no simpósio nos representa à todos, parentes e amigos de esquizofrenicos. Deus te abençoe!

Ana - 5 de outubro de 2017

É muito falha mesmo. A pessoa fica carente, dependendo do transtorno, adoece mais.

Girlaine Lana - 5 de outubro de 2017

Olá Sarah! Fiquei muito sensibilizada com seu convite! Vou divulgar seu site para meus contatos. Sou assistente social e acompanho alguns clientes com esquizofrenia. Estou na luta com vocês, mães, para desmistificar este transtorno e incluir as pessoas que tem esta doença na sociedade. Como você disse, são pessoas que tem limitações, como cada um de nós. Abraços

António Amaral - 6 de outubro de 2017

Um bem aja, e muita força, pois eles merecem todos o nosso afecto e carrinho.

Ana - 7 de outubro de 2017

Bom noticias como essa. Estou meio no fundo do poço, família pior que eu. Vocês ajudam, viu? Obrigada.

Sarah - 9 de outubro de 2017

Obrigada a cada palavra. Aproveito para informar que meu grupo é bem atuante também por whatsapp, o qual deixo aqui registrado para quem se interessar. Sarah – 41 9 9113-4134

Zaza l. Hoechst - 9 de outubro de 2017

Encontrei o grupo da Sarah no Facebook e lá encontramos muita solidariedade, informação e afeto. Afinal todos nós, temos país no grupo também, convivemos diariamente com a esquizofrenia e seus sintomas. Trocamos dicas de amor, de cuidados, sob a seria orientação da Sarah, que estuda muito a doença e está sempre disponível para uma palavra de conforto e orientação familiar. Junte-se a nós !

josianepierri@yahoo.com.br - 9 de outubro de 2017

Faço parte deste grupo por sua seriedade e pelo comprometimento de Sarah em nos trazer informações precisas. As participantes se ajudam e já nos sentimos uma grande família.

Honorina Stela S. Galvão - 10 de outubro de 2017

Sou avó de um lindo rapaz com esquisofrenia,êle é uma pessoa especial,ouve vozes e faz projetos irrealizáveis,o pri meiro surto foi aos 18 anos,hoje tem 25 e alterna periódos melhores e piores mas é sempre gentil e,amoroso.Quero fazer parte deste grupo e dar apoio a tantas măes sofredoras.

Roberta Ignacio - 12 de outubro de 2017

Encontrei a pagina Filhos Amados com Esquizofrenia .Sim,é possível conviver e me ahudou muito a começar a entender um pouco mais sobre a Esquizofrenia e logo em seguida entrei para grupo de mães onde tive acolhimento,troca de experiencias e assim aprendendo a lidar melhor com toda complexidade que a doença trás. Sarah é uma mãe maravilhosa e uma grande amiga de todas nós,sempre nos deixando a par das novidades e de certa foma nos amparando também

Sarah - 16 de outubro de 2017

Honorina – meu whatsapp é 41 9.9113-4134 – venha fazer parte do nosso grupo!!

Matheus - 28 de novembro de 2017

Ola meu nome e Matheus sou portador da esquizofrenia e depressão , o grande obstaculo em minha vida e lidar com Depressão ela vem muito forte e me paralisa não deixa eu fazer a minha rotina de vida atualmente . Adorei o projeto Sarah esta de Parabéns

Sarah - 7 de dezembro de 2017

Obrigada Matheus. Se por ventura quiser ingressar no meu grupo para pessoas com Esquizofrenia, chamado Mentes Unidas, é só mandar um whatsapp. 41 – 99113-4134. abraço querido.

Lecia Cristina - 19 de janeiro de 2018

Parabéns Sou esquizofrênica e sofro muito falar com outros faz como eu me sinta aceita e não sufocada minha família tenta me ajudar mas não sabem como queria que me ajudacem com as vozes ja me machuquei muito por não conseguir controla mas queimei Boa parte do meu braço se alguém souber me ajudar faço tratamento no caps mas não concegui contar pro psiquiatra

Luiz Cláudio - 18 de março de 2018

Quem dera eu sei alguém me aceitasse poisso compreender este CD F20 é difícil . E o que me aconteceu então em só eu sei que foram vozes mais ninguém acredita. Tenho 48anos e 30 de esquizofrenia mais de uma coisa sei Deus é comigo Amem

Roberta Ignácio - 26 de abril de 2018

Luiz infelizmente a falta de informação e vontade de muitos em aprender para ajudar ao próximo

flavia - 7 de maio de 2018

Ola Sarah,
preciso muito de ajuda, a uns 5 anos descobri um alteração de comportamento de meu filho, começou a ter crises e nelas afirma que ouve vozes, ja estive a uns 2 anos atras com ele no psiquiatra e o medico afirmou a ele que ele tinha que se tratar, mas o mesmo não quer, alegando que não é doido, conforme os amigos alegam. Tem sido muito dificil, são periodos bem e de repente uma crise, começou aos 19 anos e este ano ele completa 24 anos, de sofrimento e angustia para mim, mas muito mais angustiante para ele, pois vejo claramente que ele quer mudar e não consegue. Tenho um Deus maravilhosos que me dar a força necessaria para tentar entender e conviver, mas preciso de ajuda de alguem, para poder ajudar meu filho, já que toda a familia vive de criticas a ele .me ajude !

Elisa Antunes - 13 de maio de 2018

Oi sou mãe de uma pessoa portadora de transtorno mental ainda depois de quase 16 anos ainda não tem diagnóstico definitivo. Não escuta vozes não vê vultos , fala sozinha qdo lembra do buling sofrido. E agressiva comigo me espanca e eu sem saber coloquei ela m judô muay tay. Não sei o que vai ser dela qd morrer não tem pai ele nunca quis saber a minha família caiu fora TB
. Meus amigos foram embora quando ela começou as tentativas de suicídios E isso
Tô desistindo

Sarah - 14 de maio de 2018

Flavia e Elisa – entrem em contato comigo pelo telefone descrito na matéria. Venham para o meu grupo, tenho certeza de que irão encontrar apoio e informação.

Edson Alarcon - 17 de julho de 2018

Oi Sarah parabéns pelo trabalho em prol de todos : esquizofrênicos e familiares ! Tenho uma filha hoje com 35 anos e que teve sua primeira crise aos 15 anos . Desde então após o diagnóstico muitas idas e vindas aos psiquiatras , os nossos dramas são parecidos (incredulidade , desespero , preconceitos , falta de assistência governamental …) hoje estou aposentado e vi ir pelos ares boa parte da minha qualidade de vida ante a doença da minha filha ! Hoje junto com minha esposa dedicamos um tempo quase integral no acompanhamento da Nuria . Hoje ela está tomando : quetiapina , Donaren e revotril sobre lingual que tem sido importantíssimo nas crises e tem efeito em poucos minutos, mesmo assim não está livre das crises que nos últimos dois anos tem sido mais frequentes ! Vi e ouvi num dos seus vídeos sua luta junto a um político no sentido de garantir benefícios e reconhecimento aos portadores de esquizofrenia estamos juntos nesta luta não sei de que forma posso ajudar mas estou à disposição ! Boa sorte .

Josiane Pierri - 9 de setembro de 2018

Esse grupo e um divisor de águas de em minha vida.

Add your comment