Blog

Blog

Hamilton Assunção: a música me orienta e me renova!

Editor do Portal 4 de novembro de 2017 Blog, Depoimentos, Dicas Culturais, Multimídia, Noticias 6 comments
featured image

Hamilton Assunção deu voz ao seu sofrimento para criar o grupo Harmonia Enlouquece, banda do Centro Psiquiátrico do Rio de Janeiro, hospital do Estado do Rio de Janeiro. Autor de sucessos como Sufoco da Vida, Hamilton consegue traduzir como poucos as mazelas do hospital psiquiátrico e dos transtornos mentais dando vida a uma arte musical autoral e personalizada, em torno da qual ele se tornou um músico de referência. Como poucos, ele faz uma crítica ácida à psiquiatria, propondo uma mudança de atitude que inclua mais a pessoa, o indivíduo com suas vivências e singularidades, num processo de recuperação. A música para Hamilton é o combustível que lhe permite seguir adiante, vencendo seus obstáculos e desafios.

Hoje Hamilton integra outra banda, a Banda Azê, desvinculada da saúde mental, na estrada para competir com outras bandas, buscando seu espaço, inovando no ritmo e na música, abordando temas do cotidiano das pessoas. Hamilton é um músico completo, com estilo pessoal e inovador. Vale a pena assistir aos seus shows!

A Banda Azê se apresenta neste domingo (05/11/17), às 20h, no Audio Rebel, em Botafogo.
Endereço: Rua Visconde de Silva, 55 – Botafogo – Rio de Janeiro/RJ

Veja a entrevista de Hamilton Assunção na TV Pinel:

6 comments

Ana - 4 de novembro de 2017

Entendo que é uma catarse, um desabafo, uma terapia. Já escrevi muitos poemas sobre psiquiatria, psicologia, criticasdesabafos, dores. Aquilo só me deixava pior.Hoje, cada fato ou pensamento, real ou imaginário, associo a uma música, num ecletismo que estava adormecido em mim. Amanhã? Não sei como estarei, cada dia é um dia, eu mesma me surpreendo. Um dia de cada vez.

Maria - 5 de novembro de 2017

A covardia da rede social me comove.

Maria - 5 de novembro de 2017

O método catártico vai levar a psicanálise para um buraco, se é, que já não está!

Mariah Aragão das Neves - 10 de novembro de 2017

Amo música e só consigo fazer minhas atividades diárias escutando música, toco violão e canto não faço composição mas acredito que a música organiza minha mente. Hamilton parabéns pelo seu trabalho e talento.

Ana - 13 de dezembro de 2017

Maria, seu comentário de 5 de novembro de 2017 sobre comoção é interessante.

Vilma - 16 de dezembro de 2017

Sem comentários com psicólogas covardes.

Add your comment