Blog

Blog

Gustavo Meano alça novos vôos para o Grupo Mentes em Ação.

Editor do Portal 15 de março de 2017 Blog, Depoimentos 13 comments
featured image

O Portal Entendendo a Esquizofrenia incentiva e apoia iniciativas das pessoas portadoras de transtornos mentais e seus familiares, como a do Gustavo Meano, que é coordenador do Grupo Mentes em Ação. Segue um pedido dele e um vídeo contando um pouco de sua trajetória e de suas ideias.

“Amigos estou me inscrevendo em um programa para que possamos transformar o grupo @mentesemacao em uma Organização Não Governamental, e assim poder ajudar cada vez mais pessoas. Agindo assim de acordo com a Fundação Sociedade do Amor. Pedimos que todos que possam postar e compartilhar no seu facebook o façam, pois quanto maior o número de visualizações e likes, mais chances nós temos de participar e tornar este sonho uma realidade. Pedimos que deem likes no youtube”.

13 comments

Daildo - 15 de março de 2017

Olá , quero agradecer pela iniciativa , luto a treze anos com essa patologia e tenho melhorado a cada dia , Sou autor de um livro que conta minha historia e estou bem próximo de mais um livro.Eu era motorista de ônibus e quando comecei a ver vultos e ter mania de perseguição procurei um psiquiatra e atá hoje tomo minha medicação regularmente. Quero estudar mas no estado onde vivo é difícil tudo, a minha cidade tem três psiquiatras para atender quase meio milhão de pessoas , precisamos mais de politicas para esse tipo para tratarmos os outros que irão adquirir a esquizofrenia e a bipolaridade, não tem raça cor ou classe social …

Célia Maria da Silveira e Sousa - 15 de março de 2017

Parabéns para o Gustavo Meano ter alcançado esse nível e ajudar os demais !

Gustavo Meano - 16 de março de 2017

Muito obrigado pelo apoio Dr. Leonardo Palmeira, neste momento, bem como em toda a sua ajuda com a formação de grupos como o Mentes em Ação. Você, bem como toda a equipe do Projeto Entrelaços foram e são de vital importância para chegarmos onde estamos, e serão neste projeto de 2017.

elisa - 2 de abril de 2017

Ola, sou mae de uma filhe com esquizofrenia.
Gostaria de mais informações sobre o entrelaços e mentes em açao como participar . Obrigado Elisa

Editor do Portal - 10 de abril de 2017

Elisa, você pode se inscrever para participar do Programa Entrelaços do IPUB e entrar em contato com o Grupo Mentes em Ação através da nossa página de Grupos de Ajuda – http://entendendoaesquizofrenia.com.br/website/?page_id=3242

CRISTINA KHOURI CASALINO - 3 de junho de 2017

Parabéns Gustavo muito boa iniciativa

Lívia Sene - 25 de junho de 2017

Olá, Gustavo.
Minha mãe apresentou essa doença recentemente, estamos muito assustados ainda. É difícil aceitar, ver ela naquele estado, dói na alma.
O que vc pode me dizer nesse momento? Eu e minha família precisamos de ajuda. Obrigada.

Ana - 19 de julho de 2017

O enfoque é corretissimo; é preciso informação e estímulo.

Leticia - 22 de agosto de 2017

Bom dia meu nome é Leticia, tive um relacionamento de dois anos, casei no dia 13/05/2017, duas semanas após meu casamento meu marido começou a ter crises, disse que estavam o perseguindo por bandidos e eles o querem matar porque acha que eu o trai com essas pessoas, levei ao psiquiatra de emergencia onde foi passado os medicamentos, mas nao esta tomando direito, eu engravidei dele e a crise ficou pior porque ele começou a me agredir verbalmente e acha que esse filho nao é dele, foi embora de casa, agora mora com os pais deles, mas ainda continua dizendo que esta sendo perseguido e que cinco vezes ja tentaram matar ele. Estou sofremdo muito com isso porque amo ele e queria poder ajudar,mas nesse momento ele esta com os pais dele. Tem algo que posso fazer ou o melhor é eu me afastar?

Flávia - 28 de agosto de 2017

Olá boa tarde
Me chamo Flávia, sou estudante de psicologia.
Gostaria de saber se podem me ajudar no assunto Esquizofrenia no que desrespeito a causas, por exemplo se é ou não hereditário, ou causas ambientais?
Estamos nos preparando para apresentar um trabalho e gostaria de enriquecer o conteúdo.
Gostaria de poder ter materiais como vídeos de pessoas com essa patologia , também com pessoas contando suas historias e superações como vi na pagina.
Muito Obrigada !!!

rui - 31 de agosto de 2017

Boa tarde. Eu tenho uma prespetiva um pouco diferente sobre a doença. Acho que tudo começa com um trauma ambiental, produzindo um estado semelhante a uma fuga dissociativa. Esse trauma é negado pelo ambiente e pela psiquiatria gerando double bind :
– ou negamos a realidade
– ou entramos em conflito com o ambiente
Acho que a psiquiatria se comporta de uma maneira também excessivamente autoritária, e não trata verdadeiramente os seus pacientes, só mascara o verdadeiro problema. É engraçado também ver experiências como a de rosenhan. E as consequências reais de vincular uma pessoa a este rótulo, como se fosse uma incapaz.

Editor do Portal - 5 de outubro de 2017

Flavia, essas informações estão em nossa página e no nosso livro, Entendendo a Esquizofrenia.

Editor do Portal - 5 de outubro de 2017

Leticia, acredito que sua ajuda seja de suma importância, mas isso deve ser feito com cuidado, amor e muita paciência e respeito, pois ele pode ter o tempo dele, pode não estar preparado para suas intervenções ou mesmo ficar desconfiado. Eu sugiro que antes de tentar se reaproximar, ainda mais se ele estiver reticente, procure estudar bastante sobre a doença. Tem o nosso site, nosso livro Entendendo a Esquizofrenia e grupos de ajuda, na comunidade e na internet. Procure dividir sua experiências e dúvidas com outras pessoas que convivem com a doença.

Add your comment