Blog

Blog

Chega ao Brasil o Saphris, novo antipsicótico.

Editor do Portal 25 de junho de 2012 Artigos, Blog, Noticias 57 comments
featured image

Chega este mês no Brasil um novo antipsicótico com indicação no tratamento da esquizofrenia e do transtorno bipolar. É o maleato de asenapina (nome comercial Saphris – laboratório Lundbeck), já comercializado nos EUA há 2 anos. A asenapina é do grupo dos antipsicóticos atípicos ou de segunda geração e o único de administração sublingual.

Em estudos comparativos com a risperidona (Risperdal) e a olanzapina (Zyprexa), a asenapina foi igualmente eficaz no controle dos sintomas positivos e negativos da esquizofrenia, bem como da mania e dos episódios mistos (depressão com mania) no transtorno bipolar.

A asenapina também mostrou-se eficaz no tratamento do transtorno bipolar e da esquizofrenia a longo prazo, bem como em pacientes esquizofrênicos com sintomas negativos predominantes (estudos de 26 a 52 semanas).

Seu perfil de tolerabilidade nos estudos que avaliaram a asenapina em comparação com risperidona e olanzapina é bom, com baixa incidência de efeitos extrapiramidais (tipo parkinsoniano), menor ganho de peso e pouca influência no colesterol, triglicerídeos, enzimas hepáticas e glicemia de jejum. Os efeitos colaterais mais comuns foram: dormência transitória na língua ou na boca após a administração, sonolência, insônia, náuseas, ansiedade e inquietação.

O Saphris está sendo comercializado na forma de comprimidos de 5mg em embalagens com 60 comprimidos. Está prevista também a comercialização de comprimidos de 10mg. Ele deve ser administrado duas vezes ao dia na forma sublingual, desintegrando-se em alguns segundos quando em contato com a saliva. O comprimido deve ser manuseado com as mãos secas e não deve ser mastigado ou engolido, pois isto altera a absorção. É recomendado que o paciente não beba água ou ingira alimentos por 10 minutos após a administração, pois isso também pode comprometer a biodisponibilidade.

57 comments

eliana sa - 11 de setembro de 2013

Meu filho foi diagnosticado como autista aos 3 anos .Hoje tem 30 anos e é formado em História pela UFBA.
Ele toma risperidona há muito tempo e tem engordado muito. Está nova medicação é indicado no seu caso
Toma anti psicotico desde os 18 anos de idade. Espero uma resposta
Att Eliana

Brunno Pimentel - 25 de fevereiro de 2014

Sou portador de Aspenger , e fui tratado com asenapina, quase morri, nossa abandonei o psiquiatra imeditamente. Tenho 27 anos e nada é mais traumático do que lembrar os efeitos dessa droga.

LÙ Dias - 20 de maio de 2014

Ola estou usando a medicação a dua semanas ,tenho sentido boas melhora nos sintomas apresentados .
meu quadro bipolaridade ,depressão juntamente com boderlaine .estive internada por 30 dias ,mas as medicações nas quais estava em uso ,não segurou as pontas ,as instabilidades eram muito proximas estou confiante com esta medicação !!!

Edmur Gutierrez - 2 de julho de 2014

Tomei Safhris, quase morri de infarto, fulminante, nunca MAIS… abandonei PSIQUIATRA…
Hoje… ATUAL NEURO-PSIQUIATRA: DR. ANTONIO LUCHESI FILHO, DIZ:
REMÉDIOS, FAZEM VOCÊ PISAR NO FREIO…
MAS A VIDA CONTINUA…
ENTÃO MELHOR APRENDER COM O [REFUGO] E O [LIXO], MUNDO TENTA COLOCAR TODOS OS DIAS…
EM NOSSO COLO…
PASSEI A DIZER, NÃO!…
AO QUE O TAMBÉM JURISTA ROMANO FAMOSO, DISSE:

Por que dar prioridade ao serviço de Jeová …
wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2012444
É como se dissesse: ‘Jeová, quero que sejas meu Senhor em todo aspecto da minha vida. Eu sou teu …. ‘EU AS CONSIDERO UMA PORÇÃO DE REFUGO’.
Mantenha os olhos no prêmio — BIBLIOTECA ON-LINE da …
wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2009200
Ora, neste respeito, considero também, deveras, todas as coisas como perda, por … a perda de todas as coisas e as considero como uma porção de refugo. … 7, 32, 33) Jesus conseguia fazer tudo isso porque havia recebido poder de Deus.
EDMUR GUTIERREZ
egnngutierrez@hotmail.com
egngutierrez@bol.com.br

aparecida de jesus - 29 de dezembro de 2014

meu filho está tomando asenapina a mais ou menos 24 dias, ainda não vi muitas melhoras, gostaria de saber quanto tempo leva para a pessoa sair do surto psicótico, parece que a mente dele está travada, pouco fala, fala palavras curtas por ex: fome. Quando converso com ele parece não entender e não tem noção de certas coisas que faz, e as vezes começa a falar uma certa palavra e fala até cansar, o psiquiatra disse que é surto psicótico, estava tomando outro remédio, mas não teve melhoras, com saphris (asenapina) como disse a melhora foi pouca, tenho fé que esta melhora aumente conforme ele tomar o remédio, gostaria do autor deste blog entrasse em contato através do meu email para podermos conversar melhor sobre o assunto

aparecida de jesus - 29 de dezembro de 2014

pode por gentileza entrar em contato no meu email para poder conversar melhor sobre o assunto
e poder ajudar o meu filho ele já toma esta nova medicação, e tem apenas 16 anos
Aguardo

paulo - 31 de janeiro de 2015

Eu tomo saphris há 2 anos, esse remedio foi excelente para mim,tenho esquizofrenia paranoide ,consegui sair do surto psicotico e levar uma vida normal , estou no terceiro ano da faculdade de Engenharia mecânica e sou um bom aluno , o unico efeito colateral que o saphris me dá é muito sono na parte da manha , eu tomo 10 mg a noite antes de dormi
Eu comprei o remedio durante um ano meio depois eu consegui gratis eu entrei com uma ação na justiça com um laudo medico dizendo que eu era portador da doença
Espero poder ter ajudado vcs, um forte abraço

Add your comment