Blog

Blog

Que tal um piquenique neste fim de semana?

Editor do Portal 13 de janeiro de 2012 Dicas Culturais No comments
featured image

Com o tempo começando a melhorar, uma boa pedida são os passeios ao ar livre. Dentre eles, um velho costume, barato e divertido, é organizar um piquenique com a família. Reunimos dicas dos sites Aqui na Cozinha e Veja Rio.

1) Escolha um lugar agradável (pode ser um parque ou uma praia) com árvores que dê sombra e muito espaço livre.

2) Não esqueça o filtro solar e o repelente.

3) Não deixe de levar livro, música (faz uma playlist bem legal) e brinquedos como fresbee, frescobol, corda, peteca, bola de voley, etc… Faça brincadeiras como esconde-esconde, pega-pega, etc…

4) Separe uma toalha ou uma esteira para colocar no chão (ou na mesa, se tiver).

5) Leve louça leve de plástico ou descartável, guardanapo e papel toalha.

6) Leve uma sacola térmica com água, suco (não leve suco ácido, pode amargar), frutas e queijos. A água pode estar congelada, pois ela vai ajudar a conservar os outros itens gelados.

7) Leve as frutas já lavadas e prontas para comer. Não leve frutas que precisam ser descascadas. Prefira maçã, pera, uva, banana. Se for levar melancia e abacaxi, leve já picada e guardada em um recipiente fechado.

8) Leve uma salada crua com: cenoura ralada, alface, azeitonas, tomates cerejas, etc… Leve o molho em um recipiente separado e só tempere na hora de comer.

9) Leve pães fatiados ou pequenos (como este). Uma boa ideia é levar pequenos sanduíches prontos com patê ou queijo fatiado com tomate e azeitona.

10) Leve bolos simples sem cremes e recheios. Biscoitinhos e salgadinhos também são uma ótima opção.

10 LUGARES NO RIO DE JANEIRO PARA FAZER PIQUENIQUE

Cercado de montanhas e com a maior floresta urbana do mundo dentro de seu território, a cidade é ideal para a realização de atividades ao ar livre. Do Jardim Botânico à Barra da Tijuca, passando pelo Parque da Pedra Branca e a Lagoa, dificilmente outra cidade conta com tantas opções de escolha. Listamos aqui dez lugares para quem deseja fazer um piquenique enquanto aprecia belas paisagens.

1.Parque da Catacumba

Com 30 hectares de floresta encravados na Lagoa, seu ponto forte é a vista espetacular da região, que inclui Ipanema, Leblon, Morro Dois Irmãos e Pedra da Gávea. Criado nos anos 70, conta ainda com obras de artistas plásticos ao ar livre. Além de apreciar a vista, quem fizer piquenique ali pode queimar as calorias no circuito de aventuras, que inclui escalada de muro, arvorismo e rapel (R$ 100,00).

Onde: Lagoa Aventuras: Avenida Epitácio Pessoa, 3000, tel. 4105-0079 e 7870-9162
De terça domingo, das 9h30 às 16h30. Grátis

2- Jardim Botânico

Orgulho da cidade, foi criado há 203 anos e dispõe de uma coleção de oito mil espécies de plantas. Oferece área exclusiva para os lanches em família, o Parque das Crianças, com mesas, bancos e um parquinho. Não é preciso agendar horário previamente e são vetadas garrafas pet e isopor.

Onde: Rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico, tel. 3874-1808 e 3874-1214. Das 8h às 17h. R$ 6,00.

3- Parque Lage

Próximo ao Jardim Botânico e aos pés do Corcovado há outra boa opção. Do belo jardim do Parque Lage, a vista para o Cristo é coroada com a mansão em estilo eclético construída pela família Lage em 1849. Para as crianças há grutas espalhadas pelos 52 hectares do parque.

Onde: Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico, tel. 3257-1800. Das 7h às 17h. Grátis

4- Bosque da Barra

Seguro e bem cuidado, é a opção mais indicada da Zona Oeste para relaxar. São três quilômetros com ciclovias e extensos gramados, além de vegetação típica de restinga. O melhor lugar é em torno do lago. Além do visual, palmeiras protegem do sol e, durante a refeição, são comuns visitas de biguás e quero-queros. Para que for de carro, o estacionamento possui 150 vagas.

Onde: Avenida das Américas 6000, tel. 2503-2779. Das 7h às 17h. Grátis.

5- Parque Pedra Branca

Considerado a maior floresta urbana do mundo, tem 125 quilômetros quadrados e faz a alegria dos moradores da Zona Oeste. A unidade de conservação ambiental possui 30 trilhas e espécies típicas da mata atlântica, como o porco-espinho do mato. Possui sedes nos bairros de Jacarepaguá, Camorim e Realengo.

Onde:
Sede Pau-da-Fome: Estrada do Pau-da-Fome, 4003, Jacarepaguá, tel. 2446-4557
Sede Camorim: Estrada do Camorim, 2118, Camorim, tel. 3417-3642
Sede Piraquara: Rua do Governo, s/nº, Realengo, tel. 2333-5251. Grátis. Das 8h às 17h.

6- Parque Nacional da Tijuca

Com acesso pelo Alto da Boa Vista, tem cachoeiras, pequenas trilhas para crianças, a bela capela Mayrink e mirantes. Próximo ao centro de visitantes há uma área própria para lanches e piqueniques, com churrasqueiras, mesas e bancos. Com sorte, o encontro é acompanhado de perto por dezenas de micos.

Onde: Praça Afonso Viseu, s/n°, Alto da Boa Vista, tel. 2495-4863. De segunda a sexta, das 8h às 17h. Sábado e domingo até 17h. Grátis.

7- Parque Estadual do Grajaú

Reformado e com áreas reflorestadas, o parque criado em 1978 é ideal para a prática. Disponibiliza mesas e churrasqueiras, é sombreado e aos pés da pedra do Bico do Papagaio, símbolo do bairro da Zona Norte. Também há extensa área de lazer com direito a parquinho.

Onde: Rua Comendador Martinelli, 740, Grajaú, tel. 2578-6068. Das 8h às 17h. Segunda não abre. Grátis.

8- Parque da Cidade

Antiga residência de verão do Marquês de São Vicente, tem jardins e vegetação exuberante. Após o lanche, vale a visita ao Museu Histórico da Cidade, que guarda relíquias como um trono que pertenceu a D. João VI. No século XIX, A região foi ocupada por fazendas de café e algumas das trilhas ainda existentes foram feitas por escravos.

Onde: Estrada Santa Marinha, 503, Gávea, tel. 2512-5223. Horário de funcionamento do Parque: de 8h às 17 horas. O museu abre de terça a domingo, das 11 às 17 horas.

9- Parque Estadual da Chacrinha

Quem passa pela frenética Avenida Nossa Senhora de Copacabana nem imagina que o bairro guarda um tesouro ecológico. Próximo à estação de metrô Arcoverde e de fácil acesso pela rua Guimarães Natal. Há churrasqueiras e mesas para os visitantes, mas é preciso ficar atento: micos-estrelas podem, sem nenhuma cerimônia, furtar alimentos ali. O parque exige reserva na administração antes do piquenique e o visitante precisa ir munido de identidade e CPF.

Onde: Rua Guimarães Natal, s/n°, Copacabana, tel. 2542-3247. Das 8h às 17h, fecha segunda-feira para manutenção. Grátis.

10- Quinta Boa Vista

Antes de seguir para o Museu Nacional ou o Jardim Zoológico, a área de lazer da Quinta da Boa Vista pode proporcionar um excelente piquenique. Frequentado pela nobreza nos tempos do Império, os jardins de São Cristóvão foram projetados no século XIX e tem vista para o lago cheio de pedalinhos.

Onde: Avenida Pedro II, s/n°, São Cristóvão, tel. 2589-4279. Grátis.

Add your comment